Friday, September 15, 2006

Quotidiano II

Episódio II Jardim de São Bento à tarde. Sinto algo a bater com força na minha cabeça..... olho para o chão (ainda a tentar equilibrar-me) e vejo uma romã.... Creio que as probabilidades de isto acontecer são ínfimas... devo sentir-me afortunada? Episódio III Dia de jogo em Alvalade...trânsito caótico... viro para a Cidade Universitária... e ... quase atropelo um pavão. Sim, um pavão. Os pavões do Museu da Cidade gostam de ver a cidade fora dos muros do jardim.... eu quase lhe passo por cima...páro o carro ao lado do polícia que assistiu à cena displicentemente, abro a janela e digo: "viu o pavão?". "Sim, vi", responde. Fico uns segundos a olhar para ele e a pensar porque lhe fiz esta pergunta (tive a secreta esperança que o senhor corresse atrás do pavão e o obrigasse a voltar para casa, em vez de o deixar à mercê da confusão do tráfego que imperava naquela zona). Mais uma para a minha lista de esperanças idiotas.
Foto: Protrait of DaVinci, by Abelardo Morell

3 comments:

samari said...

Há dias em que devemos mesmo sair de casa! :-)

Lueji said...

Também quero levar com uma na cabeça! Afinal, uma romã é sempre preferível a outras coisas. :)

Dirim said...

sim, sim, Lueji - sempre com uma palavra amiga ;-)