Thursday, December 21, 2006

Uma questão de pura matemática

"abortar por opção quando já bate um coração?" Creio ser esta a mensagem que está escarrapachada em vários outdoors do país. Fiquei um pouco baralhada. Ora, dizem eles e elas que "bate um coração". Bom, eu pelas minhas contas, digo que são dois. Mas devo estar a fazer mal as contas, porque, na verdade, isto de ser dona de útero e ovários e ter menstruação (dizem) impede as raparigas de serem particularmente boas em cálculos matemáticos (por alguma razão as faculdades de letras estão cheias de meninas e as das ciências naturais e exactas de rapazes - já se sabe, há explicação para tudo e quase todas residem no facto de as raparigas terem um aparelho reprodutor muito complexo). Bom, mas dizia eu que cartaz me deixou baralhada. Pus-me a tentar fazer contas e... (ó! que diabo!) não é que contei dois corações! A saber: o da dona do útero e o do embrião. Mas bom, devo ser eu que sou uma tipa de má fé e não me apercebo que @s autor@s deste slogan se referiam, obviamente (dah!!!!) ao coração da reprodutora, à dona dos ovários, portanto. Ou será que essa não tem coração? Se calhar não tem, pois claro. Bom, tem ovários, tem útero... lá coração é que se calhar não tem. Esse talvez pertença só ao embrião. Ah.. claro, que a tal que pretende "abortar por opção" para além de um coração, terá também um cérebro formado (embora eu mantenha as minhas reservas face a alguns seres humanos). Claro que não vou falar dos movimentos extremistas contra o aborto legal nos EUA que, por exemplo, só a título do seu IMENSO respeito pela vida humana assassinam a sangue frio pessoal médico que trabalha em clínicas de planeamento familiar, onde se pratica o aborto. É que nestas questões, parece que há sempre corações mais importantes que outros. Ingenuidade minha... pura questão matemática: há corações que contam e outros que não. Picture by Barbara Kruger

4 comments:

Tamodachi said...

Izanami... Minha querida... Coração?... Cérebro?... Útero?... Ciências?... Querida do que é que estás a falar?... Estás a fazer-me dores de cabeça!!!
E já agora acho que devias por a bold "IMENSO respeito pela vida humana", assim... viste?
Sim, para se frizar BEM que estas pessoas de facto respeitam a vida humana, afinal de contas o trabalho delas é mesmo esse, defender a vida humana.

Tamodachi said...

PS- De facto não és boa em matemática, por isso é que foste para Psicologia ;).
Deixa lá isso e não faças mais contas!!!

Izanami said...

E olha que mesmo assim, a estatística e o SPSS dão-me cabo... da cabeça.. ou do coração, sei lá

Tamodachi said...

AHAHAAHAHAHAAHAHAHAAHAHAHA. Sim deve ser uma dessas coisas. AHAHAHAAHAHAHAHAHAAHAHAHA