Wednesday, April 12, 2006

Descoberta a deusa mais antiga da historia

Durante milhões de anos, a humanidade viveu sem um Deus e quando o teve a representação divina foi uma mulher, a Deusa-Mãe-Terra. Em Chauvet, França, uma equipa arqueológica acaba de descobrir a Venus/Deusa mais antiga que se conhece, que se calcula ter sido representada faz 32.000 anos. Na cova de Chauvet, Yannick Le Guillou e a sua equipa deslocam-se com esmerado cuidado pelas passarelas escrupulosamente instaladas para nãoo danificar as galerias que acolhem as mais de 420 pinturas de animais e a recém descoberta Venus. Como outras representações da divindade que se conhecem, a figura feminina tem a púbis marcada e ancas muito largas como sinal de fecundidade. Não muito distante da descoberta, encontra-se uma galeria onde mulheres e homens prehistóricos preparavam o carvão para os traços negros ou vermelhos. Apesar dos estereotipos negativos que atribuímos aos nossos antepassados (de os situarmos fora situamos fora da historia com o prefixo "pre"), os antropólogos afirmam que os grupos nómadas eram muito mais igualitários que a nossa sociedade e tinham uma relação mais íntima e respeituosa com o ambiente. Tanto mulheres como homens reconheciam a terra como criadora da vida, a mesma vida que surgia do corpo das mulheres: a fecundidade; por isso as suas representações das divindades eram femininas. Incluso uma tendência comum nas culturas muito distantes tanto geográfica como culturalmente para a tradição de uma Triple Deusa, sendo esta a origem da qual provém o conceito de "Trindade". A Triple Deusa refere as fases na vida de uma mulher como "Donzela-Mãe-Velha Sábia". A chegada da agricultura foi o princípio do fim da igualdade, sobre tudo ao perder a sua importancia a recolha dos alimentos, trabalho desempenhado pelas mulheres. O homem foi consiguindo mais poder nas sociedades sedentarias e substitui o prestígio femenino na organización social e na representação simbólica. Foi o nascimento de Deus-Pai entre o sec.IV e III AC. As descobertas arqueológicas do sec.XX permitiram descobrir algumas chaves do que constitui o passado da humanidade, nos revelaram através da Venus de Willendorf, de Menton, das sacerdotisas pássaro da Mesopotamia do Egipto, etc. o peso social das mulheres na Pré História. Madrid, 18 de jullho 2001 (prensamujer.com/Tertulia).

3 comments:

Dirim said...

Nem mesmo a propósito.. estou a ler "As mulheres antes do Patriarcado".. que fala disto mesmo (entre outras coisas..).

Ginko said...

:) sintonias...

Dirim said...

:)