Sunday, August 30, 2009

Diálogos existenciais entre uma analista e uma cínica

Analista - É mentira que não haja homens perfeitos. Eles existem, têm nomes e são famosos!* Só para que as mulheres heterossexuais saibam que eles existem, embora em extinção, pois claro. Cínica - E para que sofram com a noção de que existem, mas não para elas.
Analista - Bolas, (nome da cínica), que análise tão crua!
Cínica - Mas vera."
*A noção de famoso deve ser devidamente explicitada; os exemplos apresentados anteriormente e que atestam a teoria foram Johnny Deep, Jeremy Irons, Daniel Day Lewis, Fernando Ribeiro e Manel Cruz.

6 comments:

Dirim said...

Triste verdade ;-)

Anonymous said...

Intervenção de uma romântica realista:eles são todos imperfeitos mas quando os amamos são perfeitos na sua imperfeição.Ou pensam que a história do sapo transformado é só lenda?Suspiremos

Anonymous said...

Ass Sherazade...isto não me reconuceu..porque é um blogue-masculino=ingrato!

Woman Once a Bird said...

Na minha perspectiva, a história do sapo tem sido mal contada, já que o que aconteceu foi o inverso: um príncipe que se transformou progressivamente em sapo. É a mais comum...

Izanami said...

príncipes? quais príncipes?! Viva a República!

sherazade said...

AHahahahh vocês têem uma certa razão mas sou uma incurável romântica.Vejo sempre os sapos como princípes.Por isso permaneço solteira só os vejo de longe ahahahaha e só um bocadinho míope...